Mensagem a Decifrar

Crédito da imagem: Http://sxc.hu
Crédito da imagem: Http://sxc.hu

Todos temos nossos rituais no banho. O que lavamos primeiro, o toque final, o lado para o qual viramos na hora de ensaboar o cabelo. Bem, ela tinha.

Um dia, virou para o lado contrário no banho, a fim de receber uma ducha forte no abdômen, castigada por uma cólica infernal. E foi quando ela notou. Ali, entre um azulejo branco e outro, naquela massinha que ficava entre eles. Parecia… uma palavra? Escrita com algum lápis muito bem apontado, trabalho digno de japonês acostumado a talhar bonsais. Tratou de usar os dedos como limpadores de para-brisa, sem sucesso, era como um limpador com borrachas velhas que deixam o vidro só meio limpo, meio embaçado por fora. Não conseguia focar a visão o suficiente para decifrar a palavra. Quanto mais perto, mais desfocada (ganho extra da idade. Ou seria perda?).

Crédito da imagem: Http://sxc.hu
Crédito da imagem: Http://sxc.hu

Pensou em pegar uma lupa para ver do que se tratava, mas na saída do banho os afazeres fizeram com que se esquecesse do enigma. E vez por outra, em algum banho, dava de cara com ela e lembrava, e prometia, e esquecia…

 E porque esquecia, nunca comentou aquilo com ninguém.

 Uma vez chegou a pensar que fosse relaxamento da faxineira (e seu, mas isso ela não considerava), esfregou o dedo na palavra, já indignada com o frequente esquecimento. Nada. Com sabão. Nada. Ficou encucada. Havia de descobrir o que era aquilo.

Anos se passaram até que lembrasse de levar uma lupa ao banheiro e finalmente conseguisse ler a “mensagem” antes que ligasse o chuveiro e as gotas de água sobre seus olhos, ou o vapor, atrapalhassem o intento.

 Leu…. e morreu.

Crédito da imagem: Http://sxc.hu
Crédito da imagem: Http://sxc.hu

Anúncios

11 comentários sobre “Mensagem a Decifrar

    1. Kkkkkkkkkkk rindo horrores aqui. Como disse à Roseli, também fiquei indignada. Penso até em desenvolver para um conto mesmo, com outro final. Mas daí não cabe aqui, mas numa publicação 😉
      Te agradeço pelas gargalhadas no final de um dia puxadinho de trabalho 😉
      Até!

  1. ops, cliquei sem querer e postei o aomentário incompleto (sonolenta ainda); bom, como eu ia dizendo, meu irmão é marceneiro e encontrou uma mensagem assim no fundo de uma gaveta de um móvel antigo que ia restaurar: “eu sei de tudo”… pensa menina, o mistério por detrás da frase… eu to pra deitar no ‘papel’ esse causo faz tempo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s