Sonho de Flor

Crédito da imagem: http://sxc.hu
Crédito da imagem: http://sxc.hu

          Um botão. Fechado como um punho. Não, não é uma boa imagem. Envolto por dedos protetores. Sim. Protegido por asas de anjos.

           Percebia a claridade, sentia o calor do sol, mas permanecia ali, no aconchego de uma manta de pétalas. Resistia às chuvas, às risadas que ouvia, ao pavor da aproximação de seres que poderiam transformá-lo em lanche, aguardando o momento certo de se abrir, se mostrar em todo seu esplendor e maturidade, pétala por pétala, bem devagar, curtindo cada descoberta.

Crédito da imagem: http://sxc.hu
Crédito da imagem: http://sxc.hu

          No tempo certo, primeiro abriria uma, só alguns centímetros e espiaria o céu. Se encantaria com o azul, depois que sua visão se acostumasse com a claridade. Pouco a pouco abriria as outras, uma a uma, centímetro por centímetro, vendo as nuvens de dia e as estrelas à noite. Depois de alguns dias poderia, se desse sorte, ver a lua, redonda, ou curvada, dependendo do ciclo em que ela estivesse.

Crédito da imagem: http://sxc.hu
Crédito da imagem: http://sxc.hu

           Depois de algum tempo, seu casulo virando uma saia, ele, agora ela, uma linda bailarina, dançaria ao sabor do vento. Veria o verde do gramado, ainda mais lindo que o azul do céu. Então veria que ao seu lado estavam muitas similares a ela. Trocariam ideias, veriam como tinham sonhos em comum e juntas enfeitariam aquele jardim.

Crédito da imagem: http://sxc.hu
Crédito da imagem: http://sxc.hu
Anúncios

4 comentários sobre “Sonho de Flor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s