Um elogio aos curiosos

Que sejamos mais curiosos 😉

Sopa de Letras

Um elogio aos curiosos

Nem humildade, nem ambição: curiosidade.

A curiosidade é humildade e ambição ao mesmo tempo.

Na curiosidade, temos humildade para aprender e ambição para não desistir de buscar.

É uma perfeita medida. Os estados de espírito terminam moderados, neutralizados.

A curiosidade freia que a pessoa seja megalomaníaca e também inibe que seja uma pobre coitada.

O problema do humilde é que ele quer ser santo, o problema do ambicioso é que ele quer ser rei. A curiosidade escapa desses dois extremos da ganância.

O curioso é apenas curioso. Não pode ser mais do que curioso. Está protegido da fama e da doença do excesso.

Ele é um insistente, um incansável. Não fica reclamando, vai perguntando e correndo atrás para descobrir o que falta.

Ele é menor para que a vida se torne maior. Ele é discreto para que suas descobertas produzam visibilidade.

Ele faz perguntas idiotas para gerar respostas inteligentes.

Ele…

Ver o post original 279 mais palavras

Anúncios

3 comentários sobre “Um elogio aos curiosos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s